Normas

I. NORMAS GERAIS DE FUNCIONAMENTO DA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL


1. Horário de Funcionamento – Matutino


1.1. Ensino Fundamental – 6º ao 9º ano

Entrada: 07h00 (tolerância até às 07h10min)
Saída: 11h30min (tolerância até às 12h00)


2. Horário de Funcionamento – Vespertino


2.1. Educação Infantil – Maternal ao 2º Período

Entrada: 13:00h (tolerância até às 13h:10min)
Saída: 17h:30min (tolerância até às 18:00h)


2.2. Ensino Fundamental – 1º ao 5º ano

Entrada: 13:00h (tolerância até às 13h:10min)
Saída: 17h:30min (tolerância até às 18:00h)


Os horários de chegada e saída devem ser rigorosamente respeitados. Quando ocorrer algum imprevisto a escola deve ser avisada. Entendemos que o cumprimento do horário estabelecido não depende da criança e que os atrasos frequentes lhe acarretam prejuízo.

A criança pode ser retirada da escola somente pelos pais ou responsáveis. Na impossibilidade dos pais o fazerem, a escola deverá ser comunicada, antecipadamente, devendo a pessoa encarregada estar devidamente documentada.

Os alunos do Ensino Fundamental só sairão da escola acompanhados por um responsável, e os mesmos só sairão sozinhos mediante autorização, por escrito, assinada pelos pais ou responsáveis, e comunicação direta com a direção da escola.

Após a liberação dos alunos, aos pais ou responsáveis, a escola se exime de qualquer responsabilidade sobre as crianças. Somente serão aceitas saídas antecipadas quando solicitadas pelos pais ou responsáveis com antecedência.


Observação:

É importante observar, com rigor, o horário de saída de seu filho, evitando, em primeiro lugar, que ele viva momentos de ansiedade, inquietação e insegurança e, em segundo lugar, que seu atraso traga transtornos e dificuldade para a escola.


3. O Uso de Uniformes

  • A PARTIR DA 2ª SEMANA DE AULA, O USO DO UNIFORME É OBRIGATÓRIO durante as aulas, exceto para as crianças que estiverem em período de adaptação.
  • Todas as peças devem estar marcadas como nome do aluno.
  • É proibido o uso de sandálias ou botas com solados plásticos e escorregadios, pois estes provocam inúmeras quedas e tropeços das crianças.

3.1. O Uniforme é composto por

  • Verão: camiseta, camisa de manga curta de malha, short-saia e short do Colégio Presbiteriano;
  • Inverno: calça, jaqueta, camiseta ou blusa do Colégio Presbiteriano;
  • Educação Física: camiseta e short ou calça do Colégio Presbiteriano. Nas aulas de Educação Física é obrigatória o uso de tênis.

4. Documentação Escola

É dever e responsabilidade dos pais apresentar a documentação escolar e pessoal do(s) seu(s) filho(s) sempre em dia e de acordo com o que a legislação pede. A documentação escolar não deve apresentar rasuras, dados incompletos, falhas ou falta de assinaturas.


5. Merenda

Servimos merenda alto valor nutritivo e substanciosa. Caso você opte por trazer de casa a merenda de seu filho pedimos que siga o nosso cardápio, que será enviado mensalmente.


Observação:

Caso seu(sua) filho(a) não queira merendar na escola, pedimos não mandar garrafa de vidro na lancheira, como prevenção de acidentes e alimentos como: chips, refrigerantes, balas, bombons, salgadinhos etc. Porque desviam a atenção do grupo e criam conflitos entre as crianças.


6. Reunião de Pais

Através dessas reuniões a família terá a oportunidade de conhecer o plano de ação pedagógica, a metodologia e as normas de trabalho de nossa escola, bem como contribuir através de sugestões, para o processo de ensino e a aprendizagem de sua criança. As datas são comunicadas antecipadamente através de bilhetes.

A presença dos pais nestes encontros é fundamental, pois é a partir da relação e entrosamento entre a família e a escola que a educação se desenvolverá de maneira mais eficiente.


7. Prevenção de Acidentes e Medicamentos

A equipe da escola coloca-se de forma a prevenir acidentes com nossos alunos.

Em casos inevitáveis esperamos contar com a compreensão e confiança dos pais ou responsáveis em relação ao trabalho da escola.

Havendo necessidade de atendimento médico, o fato será imediatamente comunicado aos pais ou responsável enquanto todas as providências são tomadas para que as crianças sejam atendidas da melhor maneira possível. Através do seguro da escola.

O aluno é dispensado das aulas ao contrair qualquer doença infectocontagiosa, moléstia, ou ferimentos que limitem suas atividades na escola.


Observação:

Qualquer medicação deve ser entregue à professora em mãos, logo no início da aula, com etiqueta, contendo nome completo da criança, nome da professora, dosagem e horário. Os remédios não devem ser colocados em merendeiras ou mochilas. A escola restringe o fornecimento de remédios aos alunos em função dos riscos consequentes do uso de medicamentos sem prescrição médica. Estejam atentos ao piolho!


8. Presença de pais na sala de aula

A presença de pais em sala, principalmente nos horários de entrada e saída, dificulta o ritmo de trabalho da professora e dos alunos. Para conversas individuais com a professora e/ou direção, é necessário agendar um horário na secretaria ou por telefone.


9. Comemoração de Aniversários

O sentido da comemoração festiva na escola é de confraternização com o grupo, portanto os pais que quiserem festejar poderão fazê-lo desde que observem as seguintes normas:

  • Comunicar o evento para a professora e também à secretaria com uma semana de antecedência;
  • Número reduzido de familiares (máximo 5 pessoas);
  • A festa não deverá alterar a rotina da escola. Será concedido o horário de lanche e recreio;
  • Providenciar guardanapos, copos, pratos, talheres plásticos e toalha de mesa, é de responsabilidade da família do aniversariante;
  • Deve ser oferecido bolo, salgado e suco para as crianças. Sacolinhas de surpresa e doces são opcionais;
  • A comemoração dar-se-á apenas entre a turma e a professora regente. Com organização, cercado pelos amigos da turma e com muita alegria.
  • Não é permitido a saída dos alunos durante o horário de aula para comemoração de aniversários fora do ambiente escolar.
  • É de responsabilidade dos familiares a organização e limpeza do local após a festa.

10. Excursões

Possibilitar o enriquecimento de experiências fora da escola interagindo com os colegas e professores é um dos objetivos das excursões realizadas durante o ano letivo.

Os alunos só poderão sair da escola devidamente uniformizados e mediante autorização assinada pelos pais. Será cobrada uma taxa especial para o pagamento do transporte.


11. Anuidade escolar

11.1. Mensalidades Escolares

  • A Matrícula equivalente a 1ª parcela da anuidade que é dividida em 12 vezes.
  • As mensalidades escolares constituem-se na fonte de receita de nossa escola. E para que possamos honrar com nossos compromissos, é imperativo que os senhores pais efetuem, com regularidade, o pagamento das parcelas da anuidade escolar.
  • Ao matricular sua criança nesta instituição os membros assumem o compromisso de:
  • Quitarem as parcelas da anuidade nas datas previstas.
  • Em caso de trancamento da matrícula, o pedido deverá ser feito por escrito, na secretaria da escola com o conhecimento da direção, ficando a família responsável pela parcela do mês em curso.
  • Não é considerada matrícula trancada quando simplesmente o aluno deixar de frequentar a sala de aula. Neste caso continuará a ser de responsabilidade da família o pagamento das parcelas da anuidade escolar.
  • A parcela da anuidade escolar não sofre nenhum desconto, quando o aluno, por qualquer motivo, deixar de frequentar alguns dias de aula.
  • A data para o pagamento dos boletos está impressa nos mesmos. Havendo atraso de pagamento de qualquer parcela da mensalidade, material didático e pedagógico bem como as taxas, o contratante perderá todos os benefícios do período correspondente.
    • § 1º - Quanto à mensalidade será cobrado o valor integral do nível correspondente, sem o desconto acordado.
    • § 2º - Em relação ao material pedagógico e didático, quando parcelado, será cobrado em parcela única, na forma de boleto bancário.

11.2. Pagamentos

  • Na secretaria da escola (taxas de xerox, material, livros integrados, excursões, festas e etc).
  • Mensalidades via boleto bancário.

A partir da primeira parcela, os vencimentos das demais serão sempre mensais e consecutivos. Todas as parcelas poderão ser pagas, sem acréscimo de multa ou correção, até as datas limites de vencimento.

Constituirá de pleno direito em mora o CONTRATANTE e implicará o acréscimo da multa e juros de mora proporcionais a partir da data do vencimento, calculados conforme o contrato, que deverá ser assinado logo no início de fevereiro.


Observação:

Lembramos que, 7 (sete) dias após o vencimento, o boleto será automaticamente protestado pelo banco.


II. NORMAS ESPECÍFICAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

1. Período de Adaptação

Entendemos que este período é um momento delicado, em que os pais e crianças caminham em direção à conquista da confiança e estabelecimento de vínculo com a escola.

Inicialmente representamos, para o aluno que está chegando um universo totalmente desconhecido.

Considerando este fato, torna-se difícil para a criança se separar de seus pais e pessoas de seu convívio habitual, para passar e conviver em um ambiente novo, com adultos, meninos, meninas e acompanhantes que lhes serão estranhos. Como é de se esperar, a manifestação de seu desagrado normalmente é expressa através de intenso choro ou resistência em vir para a escola.

Isso também gera sentimentos desconfortáveis em seus pais e responsáveis, por também estarem envolvidos com a separação que está acontecendo.

Por nossa vez, estamos preparados para trabalhar com o choro e outras manifestações das crianças, pois, além de nos colocarmos disponíveis para o colo e o aconchego, organizamos atividades que favorecem a troca entre criança-criança e professor-criança. Portanto, a frequência sem interrupções é fundamental neste momento, mesmo que seja por um tempo mínimo, mas diário. Caso seja necessário solicitamos que os acompanhantes dos novatos permaneçam na recepção da escola.

Na medida em que todos que fazem parte desse processo vão tendo oportunidade de se conhecer, a possibilidade de estabelecimento do vínculo afetivo cresce. E este é um aspecto fundamental para a ampliação das nossas intenções pedagógicas às quais seu filho será sujeito.


2. Organização das Turmas

As turmas são organizadas de acordo com os critérios pedagógicos estabelecidos pela equipe de educadores da escola, visando à ampliação do campo social de nossas crianças e objetivando o crescimento pessoal e cognitivo das mesmas.


3. Avaliação do Aluno

O processo de avaliação do aluno é realizado diariamente pela professora e direção. O relatório individual é entregue durante as reuniões de pais.

As famílias são convocadas sempre que necessário e podem solicitar sempre que necessário um encontro com a professora e direção a fim de serem apresentadas observações individuais da criança.


4. Piscina

Quando houver atividades de natação, as crianças deverão chegar à escola com a roupa de banho por baixo do uniforme e uma mochila contendo toalha, roupas íntimas, pente, tudo devidamente marcado com o nome completo do aluno.

A temporada de natação é comunicada através de bilhete.


5. Material do Aluno

Todas as crianças deverão trazer todos os dias:

  • 1 copo de plástico ou alumínio;
  • 1 toalhinha;
  • 1 guardanapo;
  • Agenda escolar.

Observação:

  • A escola não se responsabiliza por extravio ou perda de joias, ou brinquedos.
  • Os pais ou responsáveis devem evitar mandar qualquer objeto de valor para a escola.
  • Todo material deverá ser marcado com o nome da criança.

6. Material Didático

Os valores referentes aos materiais (livros e taxas) deverão ser pagos na secretaria do Colégio. As crianças receberão os livros e materiais somente após a quitação dos mesmos.


7. Livro Integrado

Sabemos que a “matéria-prima” da Educação é o conhecimento e que esse se desenvolve por meio da ação e interação. Pensando nisso são montadas atividades de acordo com cada conteúdo, pertinente a cada idade. O Colégio adota o Sistema Positivo de Ensino.

O uso dos livros é semestral para as turmas do Maternal, e bimestral para o 1º e 2º Período e 1º ao 5º Ano.


III. NORMAS ESPECÍFICAS DO ENSINO FUNDAMENTAL

1. Convivência

A direção e professores estão sempre prontos a ouvir, discutir dúvidas, problemas e ajudar a encontrar soluções adequadas. É preciso que o aluno e as famílias procurem esses serviços sempre que acharem conveniente. Com essa troca recíproca de experiência e de prática social, todos sairão fortalecidos.

É necessário que o aluno mantenha sempre uma convivência saudável com todos os colegas. Caso haja algum desentendimento, o aluno deverá buscar o auxílio dos professores ou de um dos serviços citados acima.

Tratar com cortesia e respeito todos os funcionários da escola e valorizar-lhes a função é dever de cada aluno. Todos eles estão empenhados na segurança e no bem estar de toda a comunidade estudantil.


2. Postura em Sala de Aula

Os professores estão sempre disponíveis a ouvir, por isso é de extrema importância que o aluno exponha suas dúvidas e solicite novas explicações sempre que achar necessário.

Participar ativamente das atividades de sala de aula, fazer todas as anotações, resolver os exercícios propostos é dever de cada aluno.

Para que um trabalho possa ser bem desenvolvido, é imprescindível um ambiente tranquilo. Será solicitada pelo professor, uma postura que favoreça a atenção do grupo.

A sala de aula é um local de trabalho. Por isso é muito importante uma postura adequada do aluno. Materiais estranhos as atividades escolares prejudicam a formação de um bom ambiente para aprendizagem. Cabe ao professor orientar o aluno para que este possa refletir sobre sua atitude durante as aulas. Não é permitido mascar chicletes, chupar balas, usar boné ou objetos eletrônicos durante as aulas.


Observação:

É proibido o uso de celulares, tablets ou similares no espaço da escola, sem autorização do professor e da direção.


3. Frequência

A presença regular às aulas é garantia de estar sempre em dia com as atividades escolares. Evite que seu filho falte, mas se isso for necessário, informe-se com um colega ou com a professora sobre as atividades desenvolvidas e os deveres que foram enviados.


4. Avaliações

  • Atividades avaliativas – trabalhos realizados em sala individualmente ou em grupo.
  • O aluno que perder qualquer das avaliações marcadas terá o prazo de 48 horas para alguém de sua família procurar a secretaria da escola a fim de marcar outra prova. Não repetiremos avaliações, atividades avaliativas ou testes diagnósticos sem justificativa.

4.1. Valor de pontos distribuídos durante o ano letivo

DISTRIBUIÇÃO ANUAL

  • 1º BIMESTRE 25 PONTOS
  • 2º BIMESTRE 25 PONTOS
  • 3º BIMESTRE 25 PONTOS
  • 4º BIMESTRE 25 PONTOS
  • TOTAL – 100 PONTOS

4.2. Condições para recuperação final:

  • Resultado inferior a 60 pontos, porém acima 35 pontos;
  • Frequência inferior a 75% em cada disciplina.

Observação:

Se por motivo de qualquer enfermidade ou doença seu filho precisar ausentar-se em dias de prova, os pais ou responsáveis deverão entrar em contato, imediatamente, com a secretaria da escola.


4.3. Condições para aprovação:

  • Mínimo de pontos – 60%
  • Mínimo de frequência – 75%

a) Recuperação Contínua: É realizada no decorrer das aulas por orientações de ensino e atividades diversas adaptadas à dificuldade de cada aluno.

b) Recuperação Paralela: É realizada ao final de cada semestre, em que o aluno receberá um plano de estudo para ser realizado. Após o término do mesmo, o aluno fará uma prova a respeito do conteúdo dado no plano de estudo específico e será aprovado se conseguir atingir a nota necessária.

c) Na recuperação do 2º semestre o aluno poderá ficar em apenas 2 disciplinas.


5. Direitos do Aluno

a) Ser tratado com respeito, atenção e cortesia por professores e demais profissionais da escola;

b) Receber assistência educacional adequada às suas necessidades;

c) Usufruir de todos os benefícios de caráter educativo, social e recreativo, proporcionados pela escola;

d) Apresentar sugestões à diretoria do estabelecimento.

e) Tomar conhecimento de seu desenvolvimento integral através das avaliações e boletim;

f) Recorrer às autoridades escolares, quando se julgar prejudicado em seus direitos.


6. Deveres do Aluno

a) Tratar a todos com respeito, atenção e cortesia;

b) Frequentar as aulas e outras atividades escolares com assiduidade e pontualidade;

c) Executar exercícios, tarefas e trabalhos nos prazos determinados pelos professores;

d) Participar de comemorações cívicas, sociais e esportivas;

e) Colaborar para a manutenção da ordem, disciplina, limpeza, conservação do prédio, mobiliário e materiais de uso coletivo;

f) Apresentar os documentos exigidos para matrícula. (Extraído do regimento interno da Escola);

g) Apresentar aos pais ou responsáveis as informações enviadas pela escola.


7. Normas Disciplinares

a) Entendemos que é importante a divulgação das normas disciplinares pelas seguintes razões:

    a. A disciplina, compreendida como processo interior de organização, deve ser o resultado de um trabalho tanto da escola quanto da família, voltado para a formação integral do aluno;

    b. As normas abaixo relacionadas, colocadas com clareza para todos, funcionam como balizadoras dos comportamentos e indicativos dos limites do grupo social escolar.

b) São considerados atos de indisciplina os seguintes comportamentos prejudiciais ao indivíduo e/ou à coletividade escolar:

    a. Prejuízo material ao patrimônio do estabelecimento e aos pertencentes de professores, funcionários e alunos (sujeito à reposição);

    b. Ocupação durante as aulas com trabalhos estranhos às mesmas;

    c. Ofensas ou agressões a outras pessoas da escola e na escola;

    d. Negligência com deveres escolares;

    e. Afastamento da escola, em horários de aula, sem autorização prévia;

    f. Trazer para a escola material alheio aos estudos (brinquedos, óculos, boné, celulares, equipamentos eletrônicos, etc., sem a prévia autorização do professor /direção);

    g. Comer, mascar chicletes ou chupar balas durante as aulas.


8. Sanções aplicáveis ao aluno

a) Os alunos que incorrerem em atos de indisciplina estarão sujeitos às seguintes penalidades:

    a. Advertência oral;

    b. Advertência oral e por escrito (relatório),

    c. Advertência por escrito aos pais ou responsáveis;

    d. Transferência de turma ou turno (se houver);

    e. Suspensão das atividades escolares e da permanência no estabelecimento por prazo determinado (mínimo de 2 dias letivos);

    f. Encaminhamento educativo;

    g. Exclusão.

b) Caberá à escola solicitar aos responsáveis a transferência imediata do aluno que de maneira inequívoca não suportar às exigências da escola.


Observação:

Os pais deverão ser notificados da ocorrência das penalidades c, d, e, f, g. A aplicação das sanções previstas não tem caráter hierárquico e será de competência do Corpo Técnico.

Normalmente, as sanções aplicadas na Educação Infantil correspondem aos itens “a”, “b” e “c”.


IV. AVALIANDO OS PROFISSIONAIS

Todos os profissionais da escola estão sujeitos a erros, mas certamente são competentes, responsáveis e capazes.

Por isso, no Colégio Presbiteriano todos são avaliados permanentemente. Todavia, vocês poderão colaborar muito apontando nossas falhas. Sua crítica ou sugestão será de grande importância para o aprimoramento do nosso trabalho.

É conveniente que absorvem nosso trabalho no que diz respeito à:

  • 1. Competência técnica (conteúdos e metodologias);
  • 2. Capacidade de relacionamento;
  • 3. Comprometimento com o trabalho.

Senhores pais,

Agradecemos a vocês pela confiança que têm depositado em nosso trabalho. O MANUAL DA FAMÍLIA é uma coletânea de informações e orientações para que vocês possam acompanhar o desenvolvimento de seu filho ao longo do ano letivo, bem como compreender que “o futuro não começará amanhã, mas sim nas atividades que desenvolvemos hoje”.

Desejamos que toda a sua família esteja em contínuo processo de reflexão sobre a vida e os valores que articulam na defesa do homem e na direção dos propósitos de Deus. Que durante o ano, a família e a escola possam trabalhar reconstruindo experiências históricas e culturais, ultrapassando os mitos e criando uma sociedade mais justa, responsável e solidária.

A Direção